Vingadores: Ultimato, e os filmes essenciais para você entender tudo

Tudo bem, eu sei que Vingadores: Ultimato estreia hoje (25) no Brasil (daqui a pouco eu estou nos cinemas) e que é humanamente impossível ver todos os filmes hoje para assistir ainda hoje ao filme mais esperado de 2019. Mas sempre vamos ter os retardatários, ou aqueles que podem se interessar pela Marvel Cinematic Universe nos próximos meses ou anos.

Para essas pessoas, eu deixo esse post sobre os filmes considerados essenciais para acompanhar Vingadores: Ultimato sabendo o mínimo sobre o que está acontecendo, ou para pelo menos criar a empatia necessária pelos personagens para acompanhar a história.

Texto sem spoilers, mas se você quer ir aos cinemas sem saber nada de forma antecipada, apenas leia os títulos e pule as descrições.

 

 

Os filmes essenciais

 

 

Os Vingadores

 

Um excelente filme, que mostra o time dos Vingadores reunidos pela primeira vez, e o primeiro movimento real de Thanos nesse imenso jogo de xadrez que é a Saga do Infinito. O ataque de Loki com o exército Chitauri na Terra tinha como objetivo obter o Tesseract, que guardava a Joia do Espaço. É o filme onde a Marvel encontra o tom certo sobre como contar as suas histórias no cinema.

 

 

Capitão América: O Soldado Invernal

 

Primeiro filme dirigido pelos Irmãos Russo, e um dos melhores de toda a franquia MCU. Um thriller de ação envolvente, com ritmo alucinante. Mostra a SHIELD contaminada pelos infiltrados da Hidra, o que leva a ruptura de Capitão América com essa organização. A aparição do Soldado Invernal marca o início da separação dos Vingadores.

 

 

Capitão América: Guerra Civil

 

Pode ser considerado como um “Vingadores: Era de Ultron – Parte 2”, mas sem os elementos desnecessários do filme anterior. Igualmente bem estruturado, tem boa parte da narrativa conectada com as consequências de O Soldado Invernal. As conexões pessoais entre Tony Stark e Steve Rodgers resultam na divisão dos Vingadores, o que permite o próximo passo de Thanos.

 

 

Vingadores: Guerra Infinita

 

A “primeira parte” do filme que estreia hoje. Mostra Thanos indo para a ofensiva para obter todas as Joias do Infinito para concretizar o plano de uma vida inteira: re-estabelecer o equilíbrio do Universo, eliminando metade da vida existente nele.

 

 

 

Os filmes recomendados

 

 

Homem de Ferro

 

O filme que iniciou toda essa história. Tem um tom bem diferente do que a Marvel adota hoje, mas é muito bem sucedido na tentativa de apresentar um personagem que a maioria das pessoas nunca tinha ouvido falar. Tão bem sucedido, que Tony Stark hoje é ícone de cultura pop.

 

 

Capitão América: O Primeiro Vingador

 

Compreender o início da trajetória de Steve Rogers é uma forma de entender as suas aspirações e acompanhar a sua sensível transformação ao longo desses anos. Isso ajuda na conexão emocional com o personagem.

 

 

Vingadores: Era de Ultron

 

Muita gente torce o nariz para esse filme por ser uma história de passagem ou conexão entre fases, mas é importante para mostrar as motivações pessoais de personagens como Tony Stark, Bruce Banner e Clint Barton. Além de definir um dos destinos temporários da Joia da Mente.

 

 

Thor: O Mundo Sombrio

 

É um filme bem criticado (muitos consideram o pior da MCU; para mim, O Incrível Hulk e Homem de Ferro 3 ainda disputam essa ‘honraria’), mas também entra na lista dos filmes diretamente conectados com a Saga do Infinito, apresentando mais uma das Joias e o primeiro esboço do que viria depois: o Ragnarok e a Guerra Infinita.

 

 

Bônus: a cena pós-créditos de Homem-Formiga e a Vespa

 

Boas notícias, preguiçosos! Vocês só precisam ver dois minutos de Homem-Formiga e a Vespa para entender o conceito do Reino Quântico, que pode ter papel decisivo em Vingadores: Ultimato.

bostancı escort