Você REALMENTE quer um filme Star Wars sobre Boba Fett?

Boba Fett. Um cara com capacete e jetpack que nunca mostra o rosto.

Realmente queremos isso um filme sobre esse cara?

O que preocupa muito nessa história de spin-offs no universo Star Wars é a ausência completa de criatividade para contar novas histórias, produzindo narrativas apenas baseadas naquilo que já conhecemos. Atender aos fãs e se conectar com eles (e, com alguma sorte, expandindo esse gostar com os leigos) é o objetivo principal quando se desenvolve um novo filme baseado em personagens que já conhecemos.

Mas o que falta aqui é entregar o novo. Explorar soluções novas. E não cair na mesmice.

Han Solo: Uma História Star Wars foi um filme desnecessário. Eu não esperava nada desse filme porque tinha tudo para ser mais do mesmo, recheado de cenas de ação e fan services, e que conseguiu ser abaixo do esperado, e não pelos motivos que todos imaginavam (aka se o menino Aldren poderia entregar um bom Han Solo e, por incrível que pareça, ele entregou, e a culpa não é dele).

Talvez o simples fato de ser um filme sobre um personagem que todos gostavam era um forte motivo para muita gente dizer “não, apenas parem…” para o filme do Han Solo. Mas é inacreditável que o festival de encheção de linguiça que nada acrescenta na vida de ninguém foi o principal motivo para esse filme naufragar.

Agora, temos o anúncio de um futuro spin-off sobre Boba Fett. Que é popular pela quantidade de cosplay que os fãs fazem com ele em eventos nerds e/ou relacionados a Star Wars. E, na boa? Isso não é garantia nenhuma de sucesso, ou de um bom filme.

É um personagem que acrescenta alguma coisa DE VERDADE ao universo Star Wars? O que explorar dele? Qual história nova que ele pode apresentar?

Sinceramente? Muito pouco, quase nada. Ou nada.

Não vejo esse filme dando certo. Não vejo isso funcionando. Não precisamos de um filme sobre esse.

Aliás, é realmente questionável se precisamos de spin-offs de Star Wars baseados em personagens cujas origens poderiam ser explicadas rapidamente em um vídeo de 10 minutos para o YouTube. Até mesmo o lendário Obi-Wan Kenobi (onde Ewan McGregor já implora para voltar ao personagem) é altamente discutível, pois a tendência de apostar em uma narrativa segura para agradar aos fãs é algo enorme.

Precisamos de histórias completamente novas. Eu já disse isso no post de análise de Han Solo: precisamos de histórias completamente novas, que se encaixam no cânone de Star Wars de uma forma criativa, ousada, inovadora e, principalmente, digna.

Os personagens que já conhecemos merecem ficar onde estão: nos filmes onde eles apresentaram suas melhores narrativas. Suas origens podem ser revisadas de forma breve, e nada mais. Star Wars precisa abrir espaço para o novo. Rogue One é uma prova disso. O novo arco da franquia principal, onde tudo será resolvido pelo novo (Rey, Finn, Poe, Kylo Ren) é mais uma prova cabal do que está funcionando.

A Disney precisa entender que o novo sempre vem, inclusive para Star Wars. Manter uma franquia apenas com os fãs veteranos não vai criar base de sustentação para o futuro. Hoje, a franquia não chama a atenção dos mais novos também por conta disso. A molecada não aguenta ler um post inteiro. Que dirá querer ver seis filmes do passado para compreender boa parte da história que perdeu.

Boba Fett? Ninguém precisa de um filme desse cara.

Precisamos de histórias novas. De personagens novos.

Star Wars precisa do novo.

bostancı escort