Warner Bros. esclarece caso que impede brasileiros de participar de concursos da DC Fandome

Membros da Liga da Justiça (Divulgação / DC Comics)

Nesta semana foi a anunciado o DC Fandome, um grande evento virtual que trará novidades sobre o universo da DC como quadrinhos, filmes, séries de TV, entre várias outras atrações. O evento também contará com diversos concursos onde os fãs poderão mostrar suas artes e cosplays, porém, segundo o regulamente o Brasil e alguns outros países não poderão participar e isso gerou diversas polêmicas.

Ao ler as regras encontradas para participar do concurso, há a seguinte informação: “Você não é elegível para participar deste concurso criativo se for residente no Brasil ou em países com produtos embargados pelos Estados Unidos”. Concluiu-se que o motivo de tal veto era por motivos políticos, por conta do fato do governo dos Estados Unidos ter embargado diversas coisas do Brasil por conta do crescimento da pandemia do coronavírus em nosso país.

Contudo, novas informações chegaram através do site Legião dos Heróis, e a Warner Bros. se pronunciou sobre o caso. A assessoria da empresa esclareceu que o Brasil está de fora dos concursos por motivos não relacionados a politica ou a pandemia. O novo documento diz que decisão foi tomada por causa da burocracia nos concursos culturais do país.

De acordo como está descrito: “Você não é elegível para participar deste Concurso Criativo se você é nativo ou um residente legal do Brasil, devido às restrições para competições e prêmios no Brasil”. E mais: “Você também não é elegível para participar deste Concurso Criativo se você é nativo ou residente legal de países que foram embargados pelos Estados Unidos (incluindo, sem limitar, Crimeia, Cuba, Irã, Coréia do Norte, Sudão, ou Síria).”

A matéria ainda relatou que a assessoria da Warner está estudando uma forma de incluir brasileiros para participar dos concursos, mas nada está garantido, sabendo que esses processos burocráticos acontecem de forma lenta.