Warner Bros cancela estreia de animação do Superman por medo de coronavírus

Superman: Red Son
Superman: Red Son (Reprodução)

O coronavírus está realmente impactando a indústria do entretenimento. Enquanto a Disney se prepara para conter um prejuízo enorme com o cancelamento da estreia de Mulan, programado para o final do mês, no mercado chinês, a Warner Bros está se precavendo em solo norte-americano. Na última segunda-feira, 02 de março, a empresa anunciou o cancelamento da estreia em Nova Iorque de seu filme do Universo da DC, Superman: Red Son.

A animação mostra uma realidade alternativa em que a nave de Kal-El, pousou na Rússia Soviética ao invés de ter ido parar no Kansas como na história original. O longa já teve sua estreia em Los Angeles, e está disponível para compras no formato digital, porém a Warner planejava um grande evento em Nova Iorque para o dia 16 de março, com tapete vermelho e tudo. O cancelamento foi feito via e-mail para a imprensa americana.

Entre os motivos citados para o cancelamento estão as viagens que precisam ser feitas entre executivos, e membros da produção da animação que será divulgada, além uma tentativa de impedir que os fãs se reúnam em grandes grupos para assistirem à exibição, pois segundo o informe é algo solicitado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

“À medida que o impacto e a disseminação do coronavírus (COVID-19) continuam a evoluir, a Warner Bros. está colocando ênfase adicional na saúde e no bem-estar de seus funcionários, talentos e fãs. Para ajudar a minimizar o risco de exposição, a Warner Bros. optou por tomar medidas preventivas e cancelou a estreia em Nova Iorque de Superman: Red Son em 16 de março de 2020. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente que isso tenha causado e esperamos vê-los em eventos futuros”, escreveu a empresa no comunicado.

Dentre os eventos não cancelados está a Emerald City Comic Com que anunciou em comunicado que devido à preocupação com o coronavírus, irá fornecer pessoal adicional de limpeza e saneamento em suas instalações, além de monitorar a situação.