Elenco da série Matches (Imagem: Divulgação / Warner)

Matches é a nova série brasileira do Warner Channel, e o canal confirmou que a produção estreará dia 18 de fevereiro, às 21h40. O seriado de comédia mostrará a vida amorosa de recém divorciados e como as redes sociais mudaram a forma de se relacionar.

A primeira temporada contará com dez episódios de 26 minutos, que serão todas terças feiras e reprisados às sextas feiras às 18h. A estreia da série será com um episódio duplo.

O seriado é protagonizado por Juliana Silveira, João Baldasserini, Evelyn Castro e Renato Livera. O elenco se completa com Aline Riscado, Amanda de Godoi, Bruno Ferrari, Maria Joana, Rocco Pitanga e Camila Lucciola.

ANÚNCIO

Matches é produzido pela Migdal Filmes e foi criada por Carolina Castro e Marcelo Andrade. Os episódios são dirigidos por Duda Vaisman e Calvito Leal.

De acordo com a sinopse, Ricardo (João Baldasserini) é um recém separado bastante desajeitado que acaba se hospedando no apartamento de seu amigo Escovão (Renato Livera). Este amigo acaba se tornando da vida de solteiro de Ricardo.

No mesmo corredor, mora a romântica Lara (Juliana Silveira), que tem filho e tenta superar o divórcio com a ajuda da amiga Mila (Evelyn Castro). Os recém separados então decidem se aventurar no aplicativo de relacionamento chamado Matches. Eles acabam tendo encontros fracassados, situações constrangedoras e boas histórias para contar.

Em uma entrevista para o AdoroCinema, os atores Juliana Silveira e João Baldasserini falaram um pouco sobre a série e a ligação com o mundo atual. Silveira disse “É uma forma de falar como a sociedade está se comportando. As gerações mudam e vão se adaptando. A nossa série concretiza o que é impalpável”.

“É fácil rir das redes sociais. A influência delas é muito forte, sejam pelas coisas verdadeiras ou falsas. Matches é divertida, mas crítica esse tipo de relacionamento superficial. As pessoas vivem intensamente e integralmente pela internet, mas não desenvolvem nada frente a frente. Tentamos humanizar o celular. Ver o quanto pode ser bom (ou não) estar dentro de um aplicativo”, falou Baldasserini.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui