Saiba como Warner pode substituir Mulher-Maravilha de Gal Gadot

Nubia, a Mulher-Maravilha negra
Nubia, a Mulher-Maravilha negra (Reprodução)

Mulher-Maravilha foi uma das grandes apostas da Warner Bros para mostrar que o estúdio conseguiria fazer um filme de sucesso de público e crítica num momento de muito temor sobretudo em relação a Batman vs. Superman: A Origem da Justiça, que não foi tudo aquilo o que se esperava. Mas com apenas com mais um filme previsto (até o momento), a história da heroína nem chegou a ser aprofundada. 

O site We Got This Covered afirmou que existem planos dentro da DC Films para fazer com que uma nova Mulher-Maravilha surja no pedaço. E isso pode acontecer após um possível terceiro filme de Diana ir aos cinemas, ou mesmo depois de 1984, dependendo de sua repercussão. 

Nos quadrinhos, a segunda Mulher-Maravilha é chamada de Núbia, e é conhecida como a irmã gêmea de Diana. Ela também foi esculpida por Hipólita a partir da argila, mas diferente da guerreira original que foi criada pela mãe, Núbia foi criada por Marte, o deus da guerra, e viveu na Ilha Flutuante, local povoado inteiramente por homens. Ela apareceu pela primeira vez numa revista de 1973 e é descrita como a primeira heroína negra da DC. 

O primeiro encontro de Diana e Núbia não foi muito amigável. As duas se tornaram grandes inimigas antes de descobrirem o parentesco, passando posteriormente a agir em conjunto. Acredita-se que Gal Gadot não esteja disposta a viver Diana por muitos anos, e a solução seria colocar Núbia em seu lugar. A gêmea também pode ganhar uma série própria na HBO Max, serviço de streaming da Warner que terá o lançamento em maio deste ano.

Vale lembrar que existe também uma movimentação para substituir Jason Momoa como Aquaman no DCEU (Universo Estendido da DC nos cinemas). Isso seria feito a partir do terceiro filme solo do herói, quando ele finalmente fosse considerado rei de Atlantida, e passasse seu manto para um guerreiro mais jovem: Aqualad.