Watchmen: Showrunner responde às críticas do criador dos quadrinhos Alan Moore

Watchmen (HBO/Divulgação)

Com todo o talento envolvido na produção e especialmente depois do trailer lançado recentemente, quase todos estão ansiosos para conferir Watchmen, a nova série da HBO. Quase todos. O recluso criador dos quadrinhos Alan Moore não é fã de adaptações da sua obra no geral, e com a produção não poderia ser diferente. Mas ao que tudo indica o showrunner Damon Lindelof não está ligando muito para isso.

Eu acho que a situação continua. O fato de ele não estar feliz“, afirmou o presidente da HBO Casey Bloys durante evento. “Eu não estou em paz com isso, necessariamente. Eu tentei entrar em contato com ele pra explicar o que estou fazendo, e ele deixou claro que não queria nada disso“, explicou Lindelof, que é um grande fã do de Moore. O showrunner chegou a brincar que o complicado relacionamento que tem com o autor se assemelha ao dele com o próprio pai. “Passei por um período muito difícil e intenso de terror achando que eu iria f* com o projeto, e não tenho certeza se estou completamente fora desse túnel. Mas, se eu fosse reverente demais [ao material original], então não poderia fazer nada que fosse mais arriscado“, desabafou. “Estou canalizando o espírito do Alan Moore e dizendo ‘F*da-se, farei isso de qualquer jeito'”.

Tema difícil

Watchmen irá abordar temas contemporâneos de maneira direta e sem rodeios, garante Damon. “Em 2019, o que é equivalente à disputa nuclear entre os americanos e os russos?“, questionou ele. “Raça versus polícia“. E ainda: “Não existem respostas fáceis ou solução grandiosa. O problema não vai ser resolvido como os super heróis normalmente resolvem coisas no cinema e na tv“, garantiu. A série chega à HBO em outubro.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort