Will Smith explica motivo de ter desfalcado o elenco de Independence Day

Will Smith no Red Table Talks
Will Smith no Red Table Talks (Reprodução/ Facebook)

Will Smith chamou a atenção do mundo inteiro quando decidiu não participar da sequência de Independence Day, de 2016. O ator foi uma das estrelas do primeiro filme de 1996 ao lado de Bill Pullman, que arrecadou 817 milhões de dólares em todo o mundo. O segundo filme, Independence Day: O Ressurgimento surgiu como uma comemoração aos 20 anos do longa original, mas não teve o mesmo alcance, rendendo apenas 389 milhões de dólares em bilheteria.

Na ocasião, Smith chegou a ser convidado para integrar o elenco, mas declinou do convite pois preferia se concentrar em Esquadrão Suicida. Como as redes sociais têm promovido uma maior interação entre artistas e fãs nesse período de quarentena, ele contou o motivo de ter trocado um filme pelo outro.

“Eu estava com dois roteiros em mãos… E precisava escolher um deles. Preferi Esquadrão Suicida para seguir em frente, e deixar o passado para trás. Eu queria fazer novas coisas, inovar e chegar a um novo auge em minha carreira”, disse ele. Para isso, o personagem de Will, que era uma importante figura da franquia, foi considerado morto. Coronel Hiller morreu ao fazer um teste de pilotagem na primeira máquina híbrida com tecnologia ESD, devido a um mal funcionamento.

O diretor do filme Roland Emmerich, até hoje atribui o fracasso do filme à falta de Will Smith nos sets. “Eu só queria fazer um filme exatamente como o primeiro, mas no meio da produção Will decidiu deixar o projeto, pois queria fazer Esquadrão Suicida. Eu devia ter interrompido o longa ali, porque nós tínhamos um roteiro muito melhor. Mas então eu acabei tendo que providenciar um outro roteiro remendado, feito às pressas”, revelou o diretor que ainda ficou chateado pela Fox films ter sido adquirida pela Disney. “Um estúdio em que fiz dois filmes, de repente desapareceu. É tão triste. A indústria cinematográfica está mudando constantemente”.

bostancı escort