YouTube Originals agora é de graça, e Cobra Kai está renovada

O YouTube, na oitava edição do seu evento anual Brandcast, anunciou que o seu conteúdo pago YouTube Originals vai se tornar gratuito. Parte desse conteúdo já pode ser acessado pelos internautas sem pagamento adicional, mas para quem quer ver esse conteúdo sem comerciais, terá que pagar por isso.

 

 

Cobra Kai vive, e a luta segue

 

No final de 2018, já se especulava o movimento que foi definido agora. Em março de 2019, a Bloomberg revelou que não teríamos novos conteúdos roteirizados, o que levou todos a acreditar que o YouTube estaria abandonando o mercado de streaming de séries, ainda mais com uma concorrência que só aumenta e com players fortes.

Por outro lado, também há dúvidas sobre o modelo publicitário do YouTube, com receitas que crescem lentamente, e a plataforma é uma das mais afetadas.

O YouTube vai seguir lançando conteúdos, mas de séries com porte e orçamento menor, como é o caso da ótima Cobra Kai, que foi renovada para uma terceira temporada logo após a estreia da segunda temporada. E todo esse conteúdo agora pode ser visto de graça, mas com propagandas. Já os assinantes do YouTube Premium podem seguir assistindo as séries sem publicidade, mas essa não é uma vantagem tão grande com essa mudança.

 

 

Por fim, o YouTube anunciou a estreia de um futuro projeto secreto com Justin Bieber, um documentário com a cantora Maluma e outros conteúdos com grandes canais, como Markiplier e Dude Perfect. Por outro lado, todos os grandes projetos de séries roteirizadas previamente anunciados para a plataforma (Origin e Overthinking with Kat & June) estão oficialmente cancelados.

Em resumo: o YouTube Originals vai manter os seus conteúdos originais, e será tudo de graça para qualquer pessoa, mas vai contar com conteúdos originais menores, e quem quiser se ver livre das propagandas terá que pagar.

Não sei se as mudanças são suficientes para que o Google entre na briga das demais plataformas de vídeo por streaming, mas não podemos culpá-los por tentar.