Zack Snyder comemora dinheiro arrecadado em campanha de prevenção ao suicídio

Zack Snyder (Divulgação)
Zack Snyder (Divulgação)

Quando estava dirigindo Liga da Justiça de 2017, Zack Snyder passou por momentos difíceis por conta do suicídio de sua filha. O diretor acabou deixando a direção do filme e Joss Whedon assumiu o posto. Logo após a estreia de Liga da Justiça nos cinemas, os fãs iniciaram uma campanha pedindo o lançamento da versão de Snyder do longa metragem.

Mas a campanha para o lançamento do Snyder Cut não se resumiu somente ao filme, os fãs também se engajaram em arrecadar dinheiro para ajudar campanhas de prevenção ao suicídio. Nesta semana, Zack Snyder foi ao Twitter agradecer a arrecadação de quase meio milhão de dólares para a companha de prevenção ao suicídio. Ele escreveu: “Nos aproximando da marca de meio milhão. Essa comunidade é incrível… #ÉPorIssoQueLutamos”.

O Snyder Cut vem aí

Após três anos de campanha finalmente os fãs vão conseguir o que tanto pediram, no início deste ano a Warner Bros. anunciou que lançará a versão de Zack Snyder de Liga da Justiça. O filme será dividido em quatro parte de uma hora  e será lançado em 2021 no HBO Max. O dinheiro investido no filme está sendo usado para gravar diversas cenas, pagar a equipe do filme original e finalizar os efeitos especiais.

Durante a live do Justice Con, Snyder disse que não usará cenas do filme de 2017. O cineasta afirmou: “Não existe chance nenhuma na Terra que eu usaria uma cena que foi feita depois que deixei o filme. Não tem jeito… Eu preferiria destruir o filme, eu botaria fogo no filme antes de usar um único frame que eu não filmei. Isso é a verdade. A propósito, qualquer coisa que você veja nesse filme que te lembre da outra versão de cinema do filme, é porque é apenas algo que eu tinha feito e agora está sendo emprestado”.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.