Zendaya revela episódio quase trágico que viveu com o pai enquanto filmava Homem-Aranha

Zendaya
Tom Holland e Zendaya em Homem-Aranha: Longe de Casa (Sony)

A cantora e atriz Zendaya Coleman, de 23 anos, comentou sobre situações de racismo e opressão contra negros nos Estados Unidos. Indicada ao Emmy de melhor atriz em série dramática por Euphoria, da HBO, a atriz conversou com Patrisse Cullors, uma das fundadoras do Black Lives Matter para uma entrevista à revista InStyle. 

Zendaya revelou que devido à frequência de incidentes raciais nos EUA em 2016 (ano em que as mortes de Alton Sterling e Philando Castile causaram repercussão mundial) temeu pela segurança do pai, a época ela filmava “Homem Aranha: De Volta ao Lar”.

“Fiquei extremamente emocionado e me lembro de ter pensado em meu pai, que estava fazendo compras em um mercado na época”, afirmou ela. “Meu pai é um homem negro de 65 anos. Ele está neste planeta há muito tempo, então ele sabe o que sabe. Mas eu ainda tinha esse medo, e isso me assustou”, confessou.

Filha de pai negro e mãe branca, com antepassados escoceses e alemães, a atriz expressou admiração pelo trabalho de Cullors, que fundou o Black Lives Matter em resposta a mortes de negros inocentes pela policia dos EUA. Porém, Zendaya deixou claro que não se vê como ativista.

“Estou nas arquibancadas, não no campo. Então, sempre penso: ‘Como posso torcer por você e ser parte de algo maior do que eu? ‘”, questionou. 

A atriz também comemorou que a equipe da capa da edição em setembro da revista na qual estrela contou com um grande número de profissionais negros. “Eu sempre tive um estilista negro, cabeleireiros e maquiadores negros. Mas também pudemos trabalhar com dois jovens fotógrafos negros talentosos nessa sessão”, contou.

Mary Jane

Em entrevista recente a Variety, Zendaya fez uma análise sobre a sua escolha para interpretar a namorada do Homem-Aranha. “Tive sorte porque eles já queriam recriar a personagem e transformá-la em uma nova versão do que eu acho que talvez o personagem original de Mary Jane representasse, e apenas fazê-lo à nossa maneira neste universo cinematográfico da Marvel”, afirmou ela.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.