Aline Wirley revela sofrer racismo por casamento com Igor Rickli

Os artistas Aline Wirley e Igor Rickli ao lado do filho, Antônio (Imagem: Reprodução/Instagram)

A cantora Aline Wirley, famosa por ter sido uma das integrantes do grupo Rouge, é casada há cinco anos com o ator Igor Rickli, que atualmente está no ar na novela Flor do Caribe, da Globo. Os dois, que têm um filho, Antônio, estão juntos há mais de dez anos e e famosa concedeu uma entrevista para o jornal Extra. Ela falou sobre a relação e sobre o racismo que sofreu e ainda sofre por ser uma negra casada com um homem branco.

Aline relembra sua trajetória ao lado de Igor, e comemora o encontro com o amor. “Quando olho para tudo que construí ao lado do Igor nos últimos dez anos, me vêm sentimentos de muita alegria e gratidão pelo nosso encontro. Porque a gente passou por muitas coisas, desde as mais legais, como a chegada do nosso filho, até as mais cabulosas”, diz ela.

O que a cantora chama de “cabulosas” são as situações ruins e repletas de preconceito. “A gente viu que incomodava. Tudo porque ele é um homem branco e eu uma mulher preta. Então, as pessoas achavam: ‘Nossa, como esse homem tão lindo está casado com essa mulher?’ ou ‘Ele é tão legal por ter casado com você…’ Quando raspei o cabelo, disseram que eu tinha feito ‘trabalho’ para conseguir uma pessoa como ele”, contou a famosa, fazendo um triste relato sobre o racismo.

Desconstrução

Aline Wirley ainda disse ficar comovida ao acompanhar a desconstrução de seu marido com relação às situações difíceis enfrentada por eles. “Esse tempo todo com Igor vi como ele se movimentou internamente mesmo. É difícil os brancos olharem para nossa história e vê-la como ela é: um casal inter-racial que se ama profundamente”, diz a ex-artista do grupo Rouge.

“Ninguém quer ser apontado como racista, mas existe gente assim. Quando Igor começou a despertar para os abusos que o povo negro ainda sofre, percebeu que isso passava por seus ancestrais, consequentemente por ele, e caiu em uma espiral de dor e culpa grandes. Igor talvez seja a pessoa mais comprometida em mostrar a mulher preta fod* que eu sou”, afirmou a cantora, com orgulho.

Em junho, também ao jornal Extra, Igor Rickli revelou um episódio de racismo sofrido pelo filho do casal, Antônio. Em certa ocasião, o garoto viu um cachorro e foi correndo brincar com ele em um restaurante. A dona do cão, entretanto, reagiu de forma racista. “Quando ele se aproximou da mesa desta senhora, louco para brincar com o cachorrinho, imediatamente ela recolheu as coisas dela, uma bolsa e um celular, com medo do meu filho. Aquilo me deu um clique. O meu filho vai passar por isso muitas vezes ainda na vida. E isso é assustador”, desabafou o ator.

DEIXE SUA OPINIÃO

Veja mais ›