Anitta revela história bizarra com desconhecido: “Fizesse xixi em cima”

publicidade

Sem papas na língua, Anitta participou do programa de Kelly Clarkson e contou uma história bizarra envolvendo um homem desconhecido. Na ocasião, ela disse que fez xixi nele, após o indivíduo se queimar acidentalmente.

“Tinha um cara que eu seguia no TikTok em uma cidade que eu ia fazer um show e ele era bonito, então eu mandei uma mensagem falando: ‘vem pro meu show’. E ele foi com amigos, mas ele ficou muito bêbado e um amigo dele pediu: ‘parem a van, eu preciso fazer xixi”, iniciou.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Dando sequência ao episódio inusitado, a artista internacional destacou que parou a van e desceu para ver realmente o que estava acontecendo com o crush.

“Eu parei a van, ele estava fazendo xixi numa árvore e um animal tocou nele, ou fez alguma coisa. Ele ficou com um hematoma grande, uma queimadura. Ele tava tão bêbado que ficou choramingando: ‘eu vou perder meu braço’. E ele disse que se alguém fizesse xixi em cima, iria parar de queimar”, relatou.

“Tipo uma água-viva?”, perguntou a apresentadora. “É, mas tava em cima de uma árvore, não sei qual é a conexão”, declarou a cantora. Depois dela brincar com o amado e dizer que faria xixi no braço dele, ele aprovou a ideia e ela realizou a situação.

“O xixi de uma celebridade seria ainda melhor”, falou ele. “Eu parei a van, pedi pro segurança impedir ele de olhar, ele colocou o braço sobre o assento do vaso. Ele disse que melhorou”, contou ela.

Doará

Nos últimos meses, depois de lançar o álbum “Versions of Me”, Anitta contou nas redes sociais que doará os lucros da música “Que Rabão”, à família de Mr Catra, que faleceu nos últimos anos.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Essa sou eu, YG e Papatinho no estúdio trabalhando na faixa com o funk de favela mais pesado do álbum. Há alguns anos, o rei do Funk, Mr Catra, morreu e deixou todos nós que trabalhamos com funk se sentindo como órfãos. Como se tivéssemos perdido parte da história do nosso ritmo, que sofreu tanto preconceito ao longo dos anos. Queria que você estivesse vendo o que está acontecendo agora, Catra. Eu acredito que você está em algum lugar olhando por nós. E agora eles vão te ver também”, destacou a estrela que deve lançar o clipe de “Gata”.

publicidade

Confira a entrevista:

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›