BBB 22: Juliette revela se Anitta vai torcer por ex, Pedro Scooby

publicidade

Em participação no programa Encontro desta segunda-feira (17), a cantora Juliette Freire, vencedora do Big Brother Brasil 21, acabou entrando em uma saia justa ao vivo ao comentar a lista de participantes da próxima edição do reality.

Em uma conversa com descontraída com Patrícia Poeta, a famosa foi questionada pela apresentadora se sua amiga Anitta poderia vir a torcer pelo desempenho do ex-namorado, o surfista Pedro Scooby, durante o BBB 22.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Será que a Anitta vai torcer para ele? O que você acha Juliette?”, pergunta Patrícia Poeta para paraibana, que não esconde ter ficado sem jeito e responde: “sei não…”.

Para quem não sabe, Pedro Scooby e Anitta tiveram um rápido relacionamento, que durou pouco mais de três meses. O affair entre os dois foi o suficiente para gerar altas polêmicas, principalmente envolvendo Luana Piovani, mãe dos três filhos do surfista: Bem, de 7 anos, e os gêmeos Liz e Dom, 4.

Ainda durante o Encontro, Juliette também comentou sobre o sucesso de Vinícius, o Vyni, que mesmo antes de estrear o programa já tem feito sucesso nas redes sociais, conquistando mais de 2 milhões de seguidores no Instagram.

“Ele é muito engraçado, mandou mensagem para mim e para Anitta. Ele é meu fã, ele fez uma ‘fotinha’ igual a minha. Quero ver o que ele vai falar lá, mas é engraçado na chamada cativou. Esse ano tende a ser muito de rede social, seguidores. Ainda não estou torcendo para ninguém, ele é uma das pessoas interessantes. É expectativa nossa e segundo a chamada não é fiel a sua personalidade, são fragmentos. Depois da primeira semana eu faço minha aposta”, disse ela.

Pedro Scooby fala sobre expectativa do BBB 22

publicidade

Conhecido por surfar ondas gigantes e por sua vida pessoal agitada, Pedro Scooby garante que o Big Brother Brasil 22 vai ser uma baita experiência em sua vida. Em entrevista para o Gshow, ele declarou que o programa é uma oportunidade de ser visto como quem realmente é.

“Eu não penso em jogo, penso mais numa experiência. Uma oportunidade de mostrar quem eu sou. No mundo do surfe eu sempre fui conhecido, mas, principalmente no Brasil, muita gente acabou me conhecendo por causa da mídia, das redes sociais… E não o que eu sou de verdade”, reflete o atleta.

publicidade

Ainda durante a entrevista, Pedro contou que a forma em que lida com o medo pode ser uma ponto positivo para ele dentro do confinamento. “Às vezes, as pessoas se deparam com o medo e ficam bloqueadas, param. É justamente ali, neste momento, que eu passo por cima dele e continuo em frente”, analisa.

 

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›