Chico Pinheiro declara voto e expõe bastidores de polêmica na Globo

publicidade

Faz alguns meses que o jornalista Chico Pinheiro deixou a TV Globo. E ele decidiu falar a respeito da emissora durante uma entrevista concedida ao portal UOL. O ex-âncora do Bom Dia Brasil relembrou uma polêmica, quando um áudio em que ele apoia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na época, ele ainda estava no canal.

Realizaram o fetiche. O fetiche deles era Lula na cadeia. Não foi feito do jeito que eles queriam, mas o Lula foi. E agora? O que vão fazer agora? Como é que fica? Qual é o próximo passo? Que o Lula tenha calma e sabedoria, inspiração divina para ficar quieto onde ele está”, dizia Pinheiro no áudio em questão.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Relembrou polêmica

Na entrevista, Chico Pinheiro revisitou essa polêmica e desabafou sobre o vazamento. “Vazou, eu acho um absurdo que uma coisa vaze. Hoje a gente sabe que as coisas viralizam. Houve uma dose de ingenuidade, mas eu não estava focado nesse risco”, diz ele, que se explica na sequência.

Eu estava focado em dizer: ‘Gente, isso que está acontecendo é importante‘. Esse pessoal que perseguia [o Lula] tinha um fetiche, o negócio deles era ‘vamos demonizar o Lula’. A mais importante liderança do país estava na cadeia, e abriram caminho para colocar o Bolsonaro no poder”, diz.

Não foi punido

Na sequência, o jornalista garante que não foi punido pela Globo. “Não houve nenhuma punição. Eu nunca falei disso publicamente. Houve uma conversa minha com a direção, porque isso provocou um barulho muito grande”, explicou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Fui convidado pelo Ali Kamel, esperando até algum tipo de repreensão, ele estendeu a mão e falou: ‘sou solidário, o que fizeram foi uma baita sacanagem’. Ele me lembrou: ‘você não fala só por você, você fala pela emissora’. Depois disso, veio uma recomendação a todos os jornalistas”, continuou Chico.

publicidade

Antes de finalizar, Pinheiro declara seu voto em Lula. “Claro que eu declaro voto, não tenho medo disso, principalmente porque temos dois candidatos no páreo. De um lado é a negação da política, da vida e do Brasil que eu creio. Olha, não sou petista, mas quando você critica esse governo que está aí, você é chamado de petista ou comunista. Não acho que seja perfeito, não acredito que ele seja santo, mas eu considero um fenômeno na presidência, talvez o mais importante da nossa história”, disparou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›