Irmã de Paulo Gustavo sai em defesa de Juliette após polêmica

Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, saiu em defesa de Juliette Freire nesta terça-feira (17), após a ex-BBB ser alvo de ataque da comediante Samantha Schmütz nas redes sociais. Na ocasião, a atriz questionou um comentário feito por Juliette no programa Altas Horas.

Acho ótimo se posicionar, mas ela é artista?”, disparou Samantha, após viralizar na web o comentário de Juliette sobre a importância de artistas se posicionarem quanto a assuntos que refletem na sociedade.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Através dos stories do Instagram, Juliana compartilhou a resposta de Juliette para Samantha e reforçou seu lugar enquanto artista. “Sim, você é”, escreveu ela.

“A arte abraça, encanta, emociona e transcende qualquer rótulo. Ser artista é algo tão bonito e maior que tudo isso… é tocar o outro com o que há de melhor em você, é doação, é amor, é verdade… então, sim, eu sou artista e aprendiz de muita coisa”, disse Juliette ao rebater a alfinetada de Schmütz.

Repercussão e apoio de artistas

Desde a tarde desta segunda-feira (16), Juliette tem sido apoiada por uma série de artistas e internautas, que ficaram revoltados com a postura de Samantha Schmütz. Sem citar nomes, alguns reafirmaram o quanto a paraibana é talentosa e tem se tornado uma artista merecedora de seu sucesso.

“Juliette, você é uma artista em ascensão e uma nordestina que tem orgulho de suas raízes (isso é lindo). Siga firme e forte, você já ganhou o meu coração e de quem sabe apreciar o novo, respeitando toda forma de arte”, disse a apresentadora Eliana.

“A genial Nina Simone, tem uma fala que diz ‘como pode você ser artista e não refletir seu tempo?’. Achei incrível essa reflexão de uma artista tão popular como Juliette. Eu sempre achei que tudo que o público me deu ao longo desses anos, me fez e faz acreditar, que a função de um artista não é só aparecer e viver financeiramente disso. Somos também cidadãos e temos vozes. Ser artista vai muito além do que ser famoso. Levamos discussões sérias (mesmo que através do humor) criamos reflexões através de um texto, uma expressão, uma dança, música, imagens, telas.. Damos voz também a quem não tem voz. Ser artista é acima de tudo, ser humano”, refletiu a humorista Ingrid Guimarães.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›