Jão some da web e é especulado como possível participante do BBB21

Jão
Jão (Imagem: Reprodução/Instagram)

O cantor Jão, de 26 anos, é mais um dos famosos especulados para integrar o “camarote” do BBB21. Segundo o colunista Léo Dias, do site Metrópoles, o rapaz teria sido indicado por Manu Gavassi, participante do BBB20.

Ainda de acordo com o jornalista, Jão entraria no confinamento como substituto do cantor sertanejo Gusttavo Mioto, que teria desistido da participação no programa, devido a sua agenda lotada.

Na web, os fãs começaram a investigar a suposta participação do artista no reality show. Curiosamente, ele compartilhou um clique em seu Instagram no dia 30 de dezembro de 2020, desejando ‘Feliz Ano Novo’ aos seguidores e revelando que ia ‘tirar férias’ das redes sociais para terminar algo.

“Feliz novo ano da minha família pra de vocês. Agora vou ali por um tempinho pra terminar o que eu preciso. Quando eu voltar, trarei boas notícias. Com amor, Jão.”, escreveu o cantor.

Já de acordo com o portal POPline, o sumiço do artista e a legenda misteriosa, não indicam que ele participará do BBB21, mas sim lançar um grande projeto musical.

Segundo o site, a assessoria do cantor teria negado a notícia de que Jão estaria no BBB, afirmando que ele adora o reality, mas não estaria no elenco.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Jão (@jao)

Novo projeto profissional

Ao que tudo indica, o cantor pop está desenvolvendo um novo projeto musical que promete surpreender os fãs. Além disso, o portal revelou que o clipe de seu próximo single contará com profissionais de peso do mercado, que já trabalharam com Cardi B, Ariana Grande e Justin Bieber.

Jão fala sobre sua sexualidade

Recentemente, o cantor abriu o jogo e falou sobre sua sexualidade em entrevista para a revista Quem. Por mais que na maioria de suas canções, as letras sejam baseadas em seus relacionamentos, ele deixou claro que, sua sexualidade não está aberta para discussões.

“Se você ouve minhas músicas, vai nos meus shows, minha vida está exposta ali. Isso nunca foi uma questão. Nunca senti necessidade de restringir o gênero da pessoa que eu fosse me relacionar ou escolher um nome para isso. Se a pessoa gosta de animais e é gente boa, para mim está valendo. Minha sexualidade não está aberta a debate nesse sentido”, argumentou ele.

“Na minha família há três princípios: estudar, não roubar bala do tiozinho da esquina e ser honesto. Meus pais são muito tranquilos. Tenho uma sorte gigante, que nem todo mundo tem. Já passou pela minha cabeça o quanto isso pode influenciar a pessoa a gostar de mim ou não”, concluiu Jão.

Veja mais ›