Lembrança do BBB irrita Adriana Sant’Anna: tira o mérito de quem se f*

Adriana Sant’Anna (Reprodução/Instagram)
Adriana Sant’Anna (Reprodução/Instagram)

A influenciadora Adriana Sant’Anna não gostou nada de ver seu nome sendo associado ao Big Brother Brasil, do qual participou da 11►7 A famosa detonou um seguidor.

A polêmica se iniciou logo após a morena, que atualmente trabalha como coach, ter sido questionada se a participação no reality não facilitou a conquista do status e fama pelo qual ela ostenta hoje em dia.

“Você não acha que o BBB facilitou um pouco pra conseguir tudo que você tem hoje?”, perguntou o internauta. Revoltada com a mensagem, Adriana afirmou que o mérito de suas conquistas deve-se unicamente a sua luta pessoal.

“Pergunte aos mais de 300 participantes que passaram pela casa. Mania que brasileiro tem de tirar o mérito de quem se f#deu literalmente para ser alguém na vida, dando crédito a uma única coisa. Como se fosse a fórmula do sucesso”, disse.

E completou: “Facilitar é trabalhar de segunda a segunda, 16 horas por dia, sem fim de semana, feriado, férias, descanso e sem tempo até para comer. Facilitar é você continuar insistindo mesmo quando você não ganha 1 real”.

A esposa do ex-BBB Rodrigão ainda comentou sobre sua força de vontade, mesmo quando passou por “preconceitos” por ser uma ex-participante do programa. “Facilitar é trabalhar por 9 anos em algo que todos debochavam e lá continuava você. Facilitar é se manter firme na fé e determinação de que a hora vai chegar”, escreveu.

Adriana Sant’Anna (Reprodução/Instagram)
Adriana Sant’Anna (Reprodução/Instagram)

Adriana Sant’Anna falou de racismo

No início deste ano Adriana Sant’Anna chegou a entrar em uma polêmica envolvendo racismo, após afirmar durante uma live que negros escravizadas no passado “viviam na zona de conforto”.

A fala da famosa, que atualmente trabalha como coach, aconteceu justamente no Dia da Abolição da Escravatura no Brasil. Adriana sugeriu que os escravos teriam permanecido na zona de conforto logo após a abolição, por isso não melhoraram de vida.

“Só que eles continuaram vivendo como se estivessem acorrentados. Não saíram do lugar, porque eles passaram tanto tempo na dor, que já estavam acorrentados na alma, no coração. Por mais que eles não tivessem aquelas correntes, dentro deles elas estavam. É a mesma coisa com você. Você pode escolher…” disse Adriana

DEIXE SUA OPINIÃO

comments