Luciano Huck afirma que governo é “populista” e gera “incerteza” no povo

Luciano Huck (Imagem: Reprodução / Instagram)
Luciano Huck (Imagem: Reprodução / Instagram)

O apresentador Luciano Huck voltou a soltar alfinetadas contra o governo Bolsonaro em suas redes sociais. Neste último domingo (21), o famoso comentou sobre os últimos acontecimentos na política brasileira.

Em uma publicação no Twitter, o marido de Angélica criticou o aumento na gasolina e afirmou que isso seria um sinal de que o “negacionismo” e “populismo” do governo têm “afundado” a confiança no Brasil.

“O preço dos combustíveis não sobe agora por causa da gestão da Petrobras. Principal moeda do mercado não é dólar. É confiança. E negacionismo, populismo e incertezas afundam a confiança no país. E quem paga esta conta? Os mais pobres com inflação, desemprego, queda na renda etc”.

A notícia sobre o aumento da gasolina surge logo após o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) indicar o general Joaquim Silva e Luna para substituir o atual presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

Nos comentários da publicação, que rendeu pouco mais de 7 mil curtidas, o artista acabou levantando um grande debate político. Vale destacar que Huck tem sido apontado nos últimos anos como um dos destaques da próxima eleição presidencial.

Falhas no governo Bolsonaro

Nos últimos meses Luciano Huck tem feito uma dura campanha contra o presidente Jair Bolsonaro. O apresentador global tem feito publicações em suas redes sociais para falar da complicada gestão do chefe de estado.

Recentemente Luciano fez um longo desabafo em seu perfil do Instagram ao comentar sobre os problemas estruturais passado pela população do estado do Amazonas, por conta da falta de oxigênio para tratar pessoas com coronavírus.

Após o caos gerado com o colapso na saúde do estado, o famoso destacou que se sente de “mãos atadas”, para ajudar parte a combater a crise.

“Vou deixar claro mais uma vez: isso é consequência, sim, da irresponsabilidade, ingerência, descoordenação, falta de respeito, negação da ciência, todos os absurdos e maluquices que a gente viu, ouviu e leu. [Consequência] de como as autoridades brasileiras vêm tratando a crise da covid-19. Esse desrespeito com as pessoas. Essa é a consequência. Isso poderia ter sido evitado.”

Através dos stories, Huck divulgou um card onde marcou com os seguidores para iniciar um panelaço. “Sem oxigênio, sem vacina, sem governo”, dizia a mensagem, que se completava com a hashtag “Brasil Sufocado”.

Nas redes sociais o nome do global acabou sendo alvo de criticas, onde muitos afirmavam que Luciano estaria se aproveitando de um momento de urgência para se promover politicamente.

 

 

Veja mais ›