Polícia dá batida em festa na casa de Elba Ramalho; cantora não estava presente

Elba Ramalho
Elba Ramalho (Reprodução)

Elba Ramalho esteve envolvida numa confusão daquelas na última terça-feira (29), e sem ter culpa no cartório. Acontece que a polícia foi até a casa que a cantora tem em Trancoso na Bahia para colocar fim em uma festa que estava rolando no local, e que contava com cerca de 500 pessoas.

A casa, não é a residência em que Elba reside, e sim uma casa que ela é dona, porém estava alugada para turistas de São Paulo.

A festa aconteceu sem que Elba soubesse, inclusive foi feita a venda de ingressos.

A cantora está hospedada em um resort, que fica a 10km da residência, desde o último dia 26 de dezembro, e disse em entrevista à revista Quem, que não sairá de lá até o dia 6 de janeiro.

O susto dela não podia ser pior, já que ela estava assistindo a uma missão quando ficou sabendo da confusão.

“A casa foi alugada do dia 25 de dezembro ao dia 4 de janeiro, como todos os anos eu faço. Esse é um período em que eu alugo outra casa ou fico numa pousada porque eu venho mesmo para descansar. A casa está nas mãos de outras pessoas, que vão responder. A responsabilidade é delas, não é minha”, explicou ela.

“Estava na missa. Estava na igreja às 19h, fazendo a leitura de Salmos quando comecei a receber mensagem sem entender o que estava acontecendo. Fui incisiva com eles, dizendo que não poderiam infringir a regra determinada pelo juiz de Porto Seguro, que seria festa somente para 200 pessoas. Eles sabiam disso”, falou Elba.

Elba ainda disse que tem tentado fazer o possível para ficar isolada de todos, e desde que chegou na cidade paradisíaca só saiu uma vez para ir a inauguração de uma loja, aberta por um amigo comerciante.

“Estou tranquila no meu canto. Fui na inauguração de uma loja de um grande amigo e tomei um vinho. Sou filha de Deus, sou humana. Todo mundo testado. Temos um amigo que é dono de um laboratório e ofereceu teste de Covid-19 para todo mundo. Dançamos um pouquinho de forró, nada demais”.

A assessoria de Elba entrou em contato com a imprensa afirmando que a cantora ficou extremamente mexida com a situação, e que já entrou em contato com seus advogados para tomar medidas legais sobre o caso.

“Quanto a essa festa na minha casa, não posso responder. Claro que estou chateada com as pessoas que alugaram, e eles vão ter que segurar essa marimba. Realmente eu sou totalmente inocente nessa história. Sou uma pessoa supertranquila, não gosto de festas. Minha relação é com o povo da terra. Estou num lugar muito calmo e não posso responder pelas pessoas que alugaram a casa. A polícia fez muito bem em ir lá e acabar com a festa. Pra mim, foi um susto saber que eles estavam fazendo isso até porque eu estava o tempo todo atenta, dizendo não pode fazer, não pode infringir a lei. As pessoas se aproveitam do momento para me atacar e eu não tenho culpa de nada”, justificou.

Veja mais ›