Datena revela valor milionário que pagou à Record e se explica

José Luiz Datena relembrou a época em que deixou a Record após uma passagem conturbada e teve que pagar multa milionária. Ele contou que teve até que se desfazer de bens para quitar a dívida.

A história voltou a ser assunto quando o jornalista decidiu falar sobre sua vida financeira durante o Brasil Urgente desta quarta-feira (01). Ele negou que seja milionário.

“Para a média do brasileiro, eu ganho muito bem. Mas tenho que continuar trabalhando para ajudar a minha família. Se eu fosse milionário, não estava aqui perdendo tempo com três horas e meia de programa, declarou.

Datena relembrou a dívida que pagou à Record por ter deixado a emissora em 2011, quando ficou menos de dois meses no comando do Cidade Alerta. Nos valores da época, desembolsou cerca de R$ 20 milhões. Ele revelou que teve que se desfazer de alguns bens para quitar o valor.

Lembrando que perdi 10 milhões de dólares em uma ação para a Record. Era justa, eles tinham a razão. Paguei com casa e carro”, contou.

Jornalista comenta especulação

O apresentador da Band começou a falar do assunto ao reclamar das pessoas que especulam quantos carros ele tem. Não sou milionário coisa nenhuma. Perto dos milionários da televisão e de outros meios, eu fico longe de muitas pessoas”, afirmou.

“Eu comprei alguns carros, mas sempre com meu dinheiro. Tudo devidamente declarado. Mas dizem que eu comprei alguns que não são meus”, disse Datena.

O âncora do Brasil Urgente chegou a citar João Doria durante o desabafo. “Se você pega o governador de São Paulo e colocar o meu dinheiro e o dinheiro dele, eu sou ‘pé de rato’ perto dele, falou.

Datena e a briga com a Record

A confusão entre Datena e a Record aconteceu em 2011. Naquele ano, a rede de Edir Macedo tirou o jornalista da Band e o levou para comandar o Cidade Alerta. A estratégia deu certo e a audiência disparou.

No entanto, a passagem do apresentador pela Record durou pouco tempo. Após 43 dias no comando do telejornal policial, ele se desentendeu com a direção da emissora.

Revoltado, Datena rompeu o contrato e saiu do canal da Barra Funda. “Até um dia”, se despediu ele no encerramento do último Cidade Alerta que apresentou. Depois disso, o rompimento virou uma briga judicial em que a emissora saiu vencedora.

Em 2018, após ser esquecido na comemoração dos 65 anos da Record, o jornalista detonou. “Como me encheram o saco, eu larguei a Record na mão. Empresa nenhuma admite que você saia. Eu descumpri o contrato e paguei US$ 10 milhões, soltou.

“Estou cagando, andando e sentando para o Douglas Tavolaro [ex-vice-presidente de jornalismo da emissora] e para a direção. Quero que a Record se exploda, que morra!, disparou Datena na ocasião.

MAIS LIDAS

Vitor Peccoli
Publicitário formado pela Faculdade Pitágoras e roteirista pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Atua no jornalismo de TV e famosos desde 2013.
Veja mais ›