Duda Reis desabafa sobre atitudes de Gui Araújo em reality da Record

Nas redes sociais, Duda Reis fez questão de se pronunciar sobre as atitudes de Gui Araújo em A Fazenda 13. De forma direta, ela revelou que vai conversar com o modelo e pediu para que as pessoas não lhe ataquem, já que no programa ele e Marina Ferrari aparentam um casal.

Mas eu vou chegar [nele aqui fora]. Acima de tudo temos uma história, sinto respeito por ele e tenho muito amor pela vida do Guilherme. Vou pontuar TUDO que acho que ele errou na casa, porque sou assim! Afinal, ele é uma pessoa que amo e ponto final. Independente de rótulos”, iniciou.

Na sequência, a ex-companheira de Nego do Borel disse que não consegue controlar os passos do peão. Além do mais, ela aproveitou para comentar sobre responsabilidade afetiva.

“Aí preciso ler milhões de ataques de pessoas que se dizem fãs de alguns casais, como se eu tivesse algum poder sobre o que é feito num lugar que nem estou. […] Vocês não sabem o que acontece por trás das câmeras. Vocês não sabem como as pessoas se sentem, não sabem o que as mágoa, não sabem nada. Peguem menos pesado. Vocês não sabem as histórias que as pessoas têm antes de um programa e não sabem como ficam vendo certas coisas. Fico feliz, triste, magoada, surpresa? Uma caixinha de emoções assim como todos. Respeitem os meus sentimentos, mas também se coloquem no meu lugar. Responsabilidade afetiva é muito importante, e se alguém não está tendo comigo e com uma segunda pessoa, respeitem meu espaço”, pediu ela.

Ataques e mudanças

Muito jovem, a influencer não escapa dos ataques de ódio de alguns internautas. Em conversa com a Quem, ela destacou que nunca consegue agradar a todos, e aprendeu a lidar com as críticas rasas.

“É difícil. Os internautas são de lua. É uma coisa muito louca. Às vezes, uma pessoa – até então muito amada – passa a receber uma onda de ódio. É um pouco exaustivo. Abrindo muito meu lado pessoal e sendo franca, eu tenho medo de postar as coisas na internet. Tenho medo de ser autêntica, tenho medo de ser eu. Você acaba fazendo um post e já pensa no que as pessoas vão falar e comentar, mas nem sempre você está bem para ouvir ofensa. Há uma diferença entre crítica construtiva e ofensa. Aí, vem aquele discurso; ‘Você é figura pública e tem que…’. Tenho que nada! Todo mundo tem o direito de fazer uma crítica construtiva, mas ofender?”, refletiu.

Confira:

MAIS LIDAS

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›