Entrevista de Lumena no Mais Você vira aula sobre racismo no Brasil

Lumena no programa Mais Você (Foto: Reprodução)
Lumena no programa Mais Você (Foto: Reprodução)

Aproveitando a presença de Lumena no programa Mais Você desta quarta-feira (3), a apresentadora Ana Maria Braga voltou a pedir desculpas ao público sobre ter citado a existência de “racismo reverso” e iniciou um debate sobre “branquitude”.

Para falar sobre o assunto, Ana chamou a especialista Luana Genot. Através de vídeos, a estudiosa comentou sobre o problema social, que, inclusive, atinge significativamente o entretenimento brasileiro.

Concordando com as falas da especialista, Lumena explicou que acabou levando um pouco deste assunto para dentro do BBB, o que dificultou muito a sua relação com Carla Diaz.

“Como o BBB é um microlaboratório social e vamos com tudo que as histórias de vida reverberam, obrigado pelo espaço para contribuir um pouco. Minha jornada com a Carla não foi algo que me dei. O termo branquitude se aplica por categorias e não consigo me isentar de falar”.

“Eu, menina negra, socializada num país que nunca assumiu… Cresci com pouquíssimas referências de mulheres iguais a mim no entretenimento. Hoje entendo que aciona um debate de relações raciais. O entretenimento coloca imagens de mulheres parecidas com Carla Diaz”.

A ex-sister continuou afirmando que ao ver algumas atitudes de Carla dentro da casa, iniciou uma análise da artista a partir deste tema. Apesar do posicionamento sobre relações raciais, Lumena não apontou racismo por parte da colega.

“Alguns comportamentos dela são resultantes de relações que ela tem na sociedade. Consegui fazer interlocuções sinceras com Juliette, com a Viiih. Infelizmente com a Carla não consegui. Não sei se infelizmente ou felizmente, não consegui. Eu não fui para o reality tocar nessas questões. Mas nossas jornadas se chocam, com ela foi o debate das relações raciais”, concluiu.

Nas redes sociais, muitos internautas parabenizaram a produção do programa pelo espaço cedido para falar de forma didática sobre o tema. “Num programa que o povo vê diariamente, Lumena fala a respeito de um assunto extremamente importante: racismo“, disse um usuário do Twitter.

“Essa conversa da Ana Maria com Lumena trazendo a Luana Genot pra esclarecer ainda mais todas as questões sobre branquitude e racismo num programa de alto destaque da Globo, de manhã cedo, é uma prestação de serviço à sociedade ímpar”, destacou outro.

Preto ou negro?

Ainda durante o programa, Ana demonstrou duvidas sobre como seria o termo mais termo mais adequado para se referir à população negra. Por sua vez, Lumena destacou que não existe o “mais correto”, mas sim respeitar a forma como a pessoa se sente mais confortável.

“Não priorizo muito o termo mais certo, mas quais seriam os termos que humanizam as subjetividades. O debate reivindica respeito, igualdade e desconstruções de estereótipos de pessoas com o mesmo tom de pele [que eu]. Reivindicar o termo que respeita”, contou.

Veja mais ›