Felipe Neto fica revoltado após assassinato de homem negro no Carrefour

Felipe Neto (Reprodução/Youtube)
Felipe Neto (Reprodução/Youtube)

O youtuber Felipe Neto ficou revoltado com o caso do homem que foi assassinado dentro de unidade do supermercado Carrefour na noite da última quinta-feira (19), em Porto Alegre. O artista usou o Twitter e detonou a empresa.

Felipe iniciou fazendo uma crítica às pessoas que têm tentado defender os seguranças, que espancaram João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, até a morte. O famoso xingou e afirmou que estas pessoas seriam “fascistas”.

“’Tem que saber o que ele fez’. O cara foi espancado até a morte, tem que saber porr* nenhuma, seu fascista filho da put*”, escreveu o youtuber, que em outra postagem o influenciador criticou a forma como os empresários da marca irão agir após a repercussão.

“O que mais me dá ódio é a sensação de não ter o q fazer. Boicotar o Carrefour só vai tirar empregos, prejudicar trabalhadores inocentes. Os chefões continuarão andando de iate e jato particular. Que ódio do cacete”, disse.

Poucas horas de se iniciar as celebrações do Dia da Consciência Negra, o vídeo onde os seguranças aparecem agredindo João Alberto acabou circulando pelas redes sociais e rapidamente viralizando. O caso se tornou um dos assuntos mais comentados da última sexta-feira.

Através dos comentários, vários seguidores apoiaram a postura de Felipe. “Finalmente alguém sensato o suficiente de não pedir boicote por pensar nos trabalhadores que estão ali tentando ganhar o teu pão de cada dia”, disse um internauta.

“Concordo em teoria, mas é muito recorrente… Que se dê uma sacudida pra mudar a cultura da empresa (q já foi declarada pelos diretores q é bolsonarista e segregacionista)… mexe no bolso senão eles não se mexem”, analisou mais um.

Criticou Bolsonaro

Uma das personalidades brasileiras mais em destaque quando o assunto é política, Felipe Neto não esconde que não tem muita simpatia pelo presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, o youtuber voltou a soltar alfinetadas ao chefe de estado.

Felipe não poupou palavras para descrever o presidente e sua administração e chegou a descreve-lo uma pessoa “ignóbil e repulsiva, com todo seu jeito rude e violento de ser”.

“O Brasil hoje é como uma casa em chamas: alguns moradores apoiam o fogo e outros simplesmente se recusam a pegar o extintor porque acham que é muito pesado, dá muito trabalho, é uma perda de tempo”, disparou.

O influenciador ainda aproveitou para levantar o questionamento sobre a falta de articulação oposição do país: “Onde estão os especialistas em comunicação orientando os líderes da oposição no Brasil?”.

DEIXE SUA OPINIÃO

comments