Gracyanne Barbosa relembra foto íntima com Belo: “Sua mão no meu bumbum”

Gracyanne Barbosa
Gracyanne Barbosa (Imagem: Reprodução/Instagram)

Gracyanne Barbosa, esposa do cantor Belo, usou o seu Instagram no último sábado (18) para divulgar um registro do casal para os seguidores. A musa fitness e influenciadora entrou no clima de Carnaval e mostrou demais.

Na postagem, Gracyanne apareceu de costas, usando uma calcinha fio-dental na cor prata, esbanjando o bumbum avantajado. Para apimentar ainda mais o momento, ela passou a mão em Belo.

Para legendar o registro da época, Barbosa escreveu: “2 dia de carnaval Seu nome na minha bunda e minha bunda no seu … Gente o tudao me deu Gin e eu não tive condições de pensar nunca legenda melhor”, disse a famosa., que brincou anteriormente. “Nem precisei chamar o marido para casa”.

Em seu perfil oficial do Instagram, Gracyanne posta dicas de vida saudável, treinos para alcançar o corpaço definido e outros assuntos semelhantes. Recentemente, ela elevou a temperatura ao escolher sua menor peça para rebolar em um vídeo.

Gracyanne Barbosa dá show de sensualidade

No final de novembro de 2022, quando aconteceu um jogo do Brasil na Copa do Mundo do Catar, Gracyanne Barbosa aumentou a temperatura na web ao comemorar a vitória da seleção com os internautas.

Em um vídeo do Instagram, a esposa de Belo surgiu de shortinho, rebolando ao som do remix da música A Caminho do Bega. “E todo jogo uma dancinha pra comemorar”, legendou a famosa, ganhando uma chuva de elogios dos seguidores.

Críticas

Gracyanne Barbosa é muito querida pelos fãs nas redes, mas também recebe duras críticas em alguns momentos. A morena já usou os Stories para desabafar a respeito dos ataques recebidos em seu perfil do Instagram por ter um emprego diferente da grande parte das mulheres brasileiras.

Na ocasião, em determinado trecho do desabafo, a esposa de Belo respondeu: “Graças a Deus e ao meu esforço, hoje posso trabalhar apenas na internet, em casa, do meu jeito! Mas já fui faxineira, já trabalhei em loja, ia trabalhar de bicicleta para não gastar dinheiro com condução e passei muito perrengue”.