Karol Conká revela para quem torce no BBB 21 e surpreende

Karol Conká revelou a sua torcida no BBB 21 (Imagem: Divulgação)

Recém-eliminada do BBB21, com o maior recorde de rejeição em todas as edições do reality da TV Globo, Karol Conká participou do programa ‘A Eliminação’, exibido no Mutishow e aproveitou o momento para revelar a sua torcida na competição. Direta e reta, ela afirmou que acredita na vitória do participante Gilberto.

“A minha torcida sempre foi para o Gil. Eu acho ele a cara do BBB! Todas as vezes que ele se sentia mal, eu ia dar apoio. Quando ele foi ao paredão junto com a Juliette, eu fui a pessoa que ficou com eles na piscina, cantando Lady Gaga, porque eu tinha certeza de que eles não iriam sair. Fiquei muito feliz de ter conhecido o Gil”, argumentou ela.

Vilã

Considerada a vilã da temporada, a cantora deixou claro que, se deixou levar por atitudes aleatórias. Além disso, ela acredita que os telespectadores tiveram uma visão exagerada de suas atitudes dentro da casa.

 “Acho que é uma visão exagerada, mas eu super entendo. Se o público estivesse lá dentro, ia apenas achar que eu estava com um problema de animosidade, não que eu sou uma vilã real. Mas houve momentos em que eu brinquei de ser vilã com o Nego Di. Acho que não teria muita graça um programa inteiro com todo mundo só sendo fofinho. Então acabei me deixando levar”, expressou ela.

Arcrebiano

De acordo com Karol Conká, o que pode ter lhe atrapalhado dentro da competição, foi o seu interesse pelo modelo Arcrebiano, e o ciúme da atriz Carla Diaz com o rapaz.

“Fiquei louca, realmente acreditei que a Carla estava dando em cima do Bill e, infelizmente, acabei explodindo. Coisa de gente controladora. Eu me interessei pelo interesse do Bill por mim, fui uma boba, estava carente. Peço perdão a eles por situações deprimentes, me envergonho e sinto muito por tudo isso”, argumentou ela em conversa com Ana Maria Braga.

Em um outro trecho, a famosa se comparou as vilãs de novelas Nazaré Tedesco e Carminha, já que as suas maldades no programa eram constantes e aleatórias com os participantes.

“Sabia que estava errada e fui invadida por uma amargura. Eu me perdi no jogo, me entreguei a esse lado azedo. Sou a nova Carminha, Nazaré (grandes vilões de novelas), mas a vilã que vocês viram não é real do lado de fora. Levei a minha perturbação para a casa, joguei-a sobre todos os outros e fiz com que ficassem tristes. Eu surtei dentro da casa, me despertaram demônios, reconheço o meu erro e vou tentar melhorar”, finalizou a rapper.

Veja mais ›