Apresentador da Band critica postura de Neymar

Neto dispara sobre festa de Reveillon promovida por Neymar (Reprodução)

O apresentador da Band, Neto voltou a criticar o jogador Neymar por uma suposta festa que o craque faria no Rio de Janeiro para comemorar o Reveillon, e disse que não iria retirar nenhuma palavra que havia proferido no dia anterior.

“Eu não retiro absolutamente nada do que eu disse. Se eu fosse pai, irmão, amigo do Neymar, uma pessoa próxima dele, um tio, pastor, que pudesse sentar e conversar por dois minutos, eu falaria: ‘Neymar, não faz a festa, cara’. Ou se já está tendo a festa: ‘Para. Manda todo mundo embora’”, começou.

O comentarista ainda alfinetou a espiritualidade do atleta. “Você sempre fala de Deus, mas só quando você ganha. Quando você perde, Deus não existe, diga-se de passagem”.

Toda a história em torno da tal festa de Neymar começou depois que alguns colunistas, como Ancelmo Góis, do Jornal O Globo, afirmaram que o jogador do Paris Saint-German havia comprado um hangar desativo em Mangaratiba no Rio de Janeiro para receber convidados que chegariam de jatinho e helicóptero no local da festa, previsto para receber 500 convidados.

O valor da festa teria ficado em cerca de 4 milhões de reais. Surgiram no último sábado (26), fotos de uma suposta mansão onde aconteceria a festança promovida pelo craque, e que um representante dele tratou de dizer que era fake.

Para engrossar o caldo, uma agência de eventos confirmou que foi contratada para realizar uma festa para 150 convidados no local, embora a nota divulgada não deixe claro o nome do responsável pela contratação, porém deixe claro que tudo irá acontecer seguindo todas as normas sanitárias.

“Não existe festança na casa do Neymar Jr. Essa festa de 150 convidados é da Fábrica (nome da agência de eventos), e não tem qualquer relação com o Neymar. Ele foi convidado para a festa”, garantiu a assessoria dele para o site de Hugo Gloss.

De acordo com a CNN Brasil, a festa teria começado no último sábado (26), e duraria vários dias, se estendendo até depois da virada do ano, e contaria com shows de diversos cantores.

Neymar teria inclusive proibido a entrada de celulares no local para evitar que imagens se espalhem nas redes sociais e aumentem as críticas.

Enquanto isso, Neto pediu até mesmo que o técnico da seleção brasileira intervisse para evitar a festa em tempos de Covid-19.

“Tite, você não deu a faixa de capitão para ele? Por que você não liga para o seu capitão e fala: ‘Neymar, você não pode dar festa para 150 pessoas, porque você representa a camisa amarela’. Será que o papai, a mamãe, o titio, não podem falar com esse menino Neymar, que tem 29 anos e já não é mais menino, se não tá ‘on’, fica ‘off’. Fique com sua família. Independentemente de protocolo sanitário, 150 pessoas? Não faz isso! Sabe o que você faz, Neymar? Chama a rede Globo, marca uma coletiva e fala assim: ‘Oh, eu não dei festa. Não é verdade do Leo Dias, do Ancelmo Góis, das pessoas que estão me criticando em relação a isso”, pediu o apresentador. “A cada dia que passa, Neymar, seu conceito comigo como ser humano não dá. Como jogador, você foi um bilhão de vezes melhor que eu, como pessoa, você não chega aos meus pés”, continuou.

No dia anterior, Neto já tinha disparado contra Neymar. “Quando você, Neymar, não sabe o que você representa para as crianças e para o mundo, você tem que dar festa para 150 pessoas? Não pode, velho! Você não pode dar festa! Ninguém pode dar festa na p*rra do que está acontecendo! Ninguém pode! Nem Neymar, nem eu, o Veloso, nem você, nem o Gabigol. E principalmente vocês [jogadores]!”

Veja mais ›