Testemunha expõe ódio de Paula Thomaz por Daniella Perez e revela planos

publicidade

A série documental sobre a morte da atriz Daniella Perez, exibida pela HBO Max, tem despertado várias sensações entre os internautas e telespectadores. Todos os episódios foram lançados e uma das testemunhas da trama afirmou que ouviu Paula Thomaz falando coisas horríveis da artista.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Ivana Crespaumer, que participou do documentário Pacto Brutal – O assassinato de Daniella Perez, comentou que foi ao presídio para visitar uma das detentas, quando ouviu a conversa entre Paula Thomaz e a colega de cela da ex-esposa de Guilherme de Pádua.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

A testemunha disse que ficou incrédula com a forma que o ódio foi exalado pela assassina. “Eu esperava tudo, menos ouvir da boca da assassina, que odiava a Daniella Perez, que ela era mimada. Isso tudo era dito pela Paula. Ela estava conversando com outra presa, ela perguntava e as duas estavam conversando sobre o crime”, comentou.

Na conversa, Paula deu detalhes de como praticou o crime e ainda afirmou que queria que a cena da situação fosse vista de uma forma diferente. “Ela [Paula] falou que deu a primeira, que foi dentro do carro e ajudou a puxar ela para jogar no mato. Ela queria simular que foi um fã fanático que matou ela”, disse.

Testemunha relembra ocorrido para Glória Perez

Ainda no documentário, Ivana contou que em 1996, explicou o que aconteceu para Glória Perez, mãe de Daniella e autora de várias novelas. Ela informou que a atriz não estava mais consciente após a primeira violência e que Paula Thomaz queria ter feito de outro jeito.

“Ela estava desacordada, aquela piranha, filha da put*. Eu queria que ela acordasse. Fiz de tudo pra ela acordar, mas na porrada. O Guilherme deu nela para ela entrar no carro. Desmaiou ela e ela não acordou de jeito nenhum”, relembrou ao contar exatamente as palavras da assassina.

publicidade

Por fim, Ivana também revelou que Paula comentou que deveria ter matado, na verdade, Glória Perez ao invés de Daniella. Um dos motivos da morte da atriz foi um suposto ciúme entre Guilherme e a vítima.

“Ele tava arrumando um meio de se firmar na Globo e a Daniella não aceitou. E isso aumentou o ódio dele. Ele dizia: ‘eu fiz merda, deveria ter pego a mãe porque a filha é muito menininha. Metida a besta, apaixonada por aquele cara [Raul Gazolla]. Tinha que ter ido em cima da mãe’“, finalizou.

publicidade

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›